Milhares de antigüidades do Iraque podem vir a ser perdidas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de abril de 2004 as 15:27, por: cdb

Milhares de antigüidades do Iraque podem ser perdidas pela falta de compromisso internacional, afirmou hoje, terça-feira, o coronel Matthew Bogdanos, a cargo da equipe que investiga os saques do Museu Nacional do Iraque depois da queda de Saddam Hussein.

Em declarações à Radio 4 da BBC, Bogdanos disse que por volta de oito mil artigos de enorme valor não foram recuperados, e critica a Interpol e alguns países pela falta de interesse no problema.

“Alguns deles são artigos do maior valor para a humanidade. E ainda não parece que a comunidade internacional, com exceção do Reino Unido, Itália, Jordânia, Kuwait e Estados Unidos, esteja interessada em participar”, ressaltou o coronel.

Bogdanos disse ter visitado a Interpol e vários países de maneira regular, mas admitiu que não conseguiu convencê-los de que se trata de “um problema mundial que necessita de solução imediata”.