México aprova união entre homossexuais

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 7 de novembro de 2006 as 13:52, por: cdb

Legisladores da Cidade do México aprovaram, em primeiro turno, a uniões civis homossexuais e a medida pode ser transformada em lei ainda esta semana, permitindo pela primeira vez parcerias gays no segundo maior país católico do mundo. A comissão de direitos humanos da Assembléia da capital aprovou um contrato que garante aos homossexuais direitos legais na cidade.

– Estamos dando os primeiros passos para reconhecer e dar direitos iguais para pessoas de diversidade sexual. Estes tipos de leis são revolucionárias – disse a legisladora esquerdista Leticia Quezada, chefe da comissão.

A moção vai para votação, provavelmente na quinta-feira, na Assembléia da Cidade do México, onde liberais que apóiam as uniões gays têm maioria clara. Buenos Aires legalizou uniões do mesmo sexo em 2002, em medida considerada inédita na América Latina. Opositores na poderosa Igreja Católica do México acham que a opinião pública é contra este tipo de união e acusam a Assembléia de ter apressado a votação para evitar debate.

– Eles querem aprovar rapidamente e no último minuto, para que não corram o risco de ver o público católico manifestando sua opinião – disse Carlos Villa, porta-voz da Igreja.