Metrô de Tóquio registra mais de 2,2 mil casos de mão-boba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de fevereiro de 2005 as 16:29, por: cdb

Os casos de mão-boba nos trens de Tóquio chegaram a seu número mais alto com 2.201 casos registrados no ano passado, segundo autoridades do país.

Em 2003, aconteceram 2.058 casos desse tipo. O número de 2004 é três vezes maior do que o registrado em 1996.

O aumento é atribuído em parte ao aumento da disposição das mulheres em registrar ataques desse tipo.

Uma enquete recente mostrou que cerca de 64% das japonesas entre 20 anos e 40 anos disseram ter sido bolinadas em trens, metrôs ou estações em Tóquio.

Vagões apertados

Mais de metade dos incidentes aconteceu durante o horário do rush da manhã, quando passageiros viajam muito apertados nos vagões, segundo a polícia.

Adolescentes são um terço das vítimas.

A mão-boba é um problema nos trens japoneses há tempos. Algumas linhas adotaram vagões apenas para mulheres, com o objetivo de solucionar o problema.

A polícia disse que pretende fazer patrulhas nos trens e nas plataformas e convocou as empresas ferroviárias a aumentar o número de vagões para mulheres.

As denúncias ficaram mais fáceis com a popularização de telefones celulares com câmeras fotográficas, que permitem que as vítimas tirem fotos de seus agressores.