Messi: lesão muscular é descartada após exames

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 18 de janeiro de 2016 as 13:42, por: cdb

 

Messi ficou dois meses de fora no ano passado por uma lesão no joelho, mas chegou próximo de seu melhor nas semanas recentes

Por Redação, com Reuters – de Barcelona/ Madri:

O atacante do Barcelona Lionel Messi não sofreu uma lesão no tendão na vitória por 6 a 0 na Liga Espanhola contra o Atlético Bilbao, no domingo, como temido anteriormente, indicaram exames nesta segunda-feira.

Messi, que marcou o gol de abertura do Barça na marca do pênalti na partida, foi substituído no intervalo e o técnico Luis Enrique disse durante entrevista coletiva que a decisão foi tomada como precaução.

– Exames feitos nesta manhã no titular Lionel Messi descartaram uma lesão no tendão na perna direita e ele está somente sofrendo de um leve desconforto – informou o clube em seu site oficial.

O clube campeão espanhol e europeu não informou se Messi, atual Melhor do Mundo, estará disponível para a partida de ida das quartas de final da Copa do Rei contra o Bilbao, na próxima quarta-feira.

Messi ficou dois meses de fora no ano passado por uma lesão no joelho, mas chegou próximo de seu melhor nas semanas recentes.

O atacante do Barcelona Lionel Messi não sofreu uma lesão no tendão
O atacante do Barcelona Lionel Messi não sofreu uma lesão no tendão

Real Madrid

O Real Madrid segue melhorando sob o comando do novo técnico Zinedine Zidane e, com a ajuda de Cristiano Ronaldo e Karin Benzema, goleou o frágil Sporting Gijon por 5 a 1 no domingo pelo Campeonato Espanhol. 

O Real já havia surrado o Deportivo La Coruña por 5 a 0 no último fim de semana na estreia de Zidane, e agora, com a goleada sobre o Gijon, que é o penúltimo na tabela, o time da capital sobe para a segunda posição, ultrapassando o Barcelona, com 43 pontos em 20 partidas, um a menos que o líder Atlético de Madri.

O Atlético encara o Las Palmas ainda neste domingo, enquanto o Barça, que é o terceiro com um ponto a menos que o Real e um jogo a menos também, recebe o oitavo colocado Athletic Bilbao.

O Real não teve piedade do recém-promovido à primeira divisão Gijon no Bernabeu, e já ganhava por 4 x 0 em 20 minutos de jogo com grandes atuações de Cristiano Ronaldo, Gareth Bale e Benzema, conhecidos na Espanha como “BBC”.

Bale, de cabeça, aproveitou escanteio de Toni Kroos aos sete minutos para abrir o placar, e Cristiano Ronaldo se valeu da fraca defesa adversária para ampliar dois minutos depois.

Bale cruzou para Benzema, acrobaticamente, finalizar para o gol aos 12 minutos e marcar o terceiro. Depois, Cristiano Ronaldo concluiu cruzamento de Dani Carvajal aos 18, fazendo 4 a 0, e Benzema ainda marcou seu segundo na partida para sacramentar o 5 a 0 a quatro minutos do intervalo, aproveitando grande jogada do meia Isco.

O Sporting Gijon descontou aos 17 minutos do segundo tempo, quando Ismael Lopez apareceu sozinho e teve tempo para finalizar com estilo.

Cristiano Ronaldo, que teve sorte de não levar um cartão vermelho após chutar o meio-campista do Gijon Nacho Cases pouco após o intervalo, e Benzema são os líderes da tabela de artilharia com 16 gols cada, um a mais que a dupla do Barça Neymar e Luis Suarez, cada um com 15 gols. Bale marcou 13.

Foi mais uma grande performance, para elevar a moral, do clube mais rico do mundo após a demissão do impopular Rafa Benítez, que não conseguiu bons resultados contra os principais rivais na Espanha e na Europa.

A vitória pode ter vindo a um custo alto, no entanto, já que Bale teve de deixar o campo com uma aparente lesão na panturrilha no fim do primeiro tempo, e Benzema saiu mancando faltando 25 minutos para o fim do jogo após se chocar com o colega de time James Rodriguez.