Mercado de mundial de PCs registra queda nas vendas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 18 de outubro de 2001 as 15:09, por: cdb

O mercado mundial de PCs apresentou queda em suas vendas pelo segundo trimestre consecutivo. É o que mostram as pesquisas feitas recenrtemente pelo IDC e pelo Gartner Group. De acordo com os estudos, os institutos não acreditam em recuperação do setor nos próximos meses, sendo que durante o período analisado, as entregas de computadores caíram entre 12% e 14%, quando comparadas com o mesmo trimestre do ano passado.

Uma das causas do desempenho ruim foi a onda de ataques terroristas aos Estados Unidos durante o mês de setembro, que agravou ainda mais os problemas do cenário econômico mundial. No mercado americano (que costuma apresentar um ritmo de crescimento significativo no terceiro trimestre do ano), as vendas caíram 21% entre julho e setembro, segundo o IDC. Mesmo com a necessidade de reposição de equipamentos para as empresas que foram afetadas pelos ataques, os problemas de infra-estrutura causados pelos atentados acabram impedindo que as entregas fossem feitas.

Outro fator importante da crise, de acordo com as duas pesquisas, é a saturação do mercado. No cenário atual, as entregas de PC dependem muito da substituição dos computadores existentes, já que o número de “novos compradores” (que ainda não possuem um micro), principalmente nos Estados Unidos, tem diminuído.

Entre os grandes fabricantes, a Compaq teve o pior desempenho. Segundo o Gartner, as vendas da empresa nos Estados Unidos caíram 43%, um indicador que chega a 51%, no levantamento da IDC. A única empresa a apresentar crescimento foi a Dell, que aumentou as entregas em 5% nos EUA e 10% em todo o mundo.

Segundo o Gartner, os dados da Europa, Oriente Médio e África apontam para uma queda de 10%, enquanto na região da América Latina, o desempenho foi um pouco melhor, com uma redução de apenas 3% no terceiro trimestre do ano.