Menina vítima de bala perdida está paraplégica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 2 de março de 2007 as 13:10, por: cdb

O último boletim médico da adolescente Priscila Aprígio da Silva, 13 anos, atingida por uma bala perdida durante um assalto a uma agência bancária na quarta-feira, na zona sul de São Paulo, aponta que ela perdeu os movimentos das pernas.

Internada desde a noite de quarta-feira na UTI do hospital Alvorada, ela foi transferida para um quarto no fim desta manhã e permanece com quadro neurológico inalterado, paraplegia crural motoro-sensitiva, ou seja, a adolescente está paraplégica.

Segundo os médicos, este quadro pode evoluir em até dois anos, dependendo do tratamento e da resposta do organismo da menina ao tratamento.