Menina palestina de três anos é morta por soladados israelenses

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de janeiro de 2005 as 06:23, por: cdb

Uma menina palestina de três anos de idade foi morta, nesta quarta-feira, por tiros dados por soldados israelenses no bairro de Al Birka, da localidade de Deir el Balah (centro de Gaza), onde outros quatro civis ficaram feridos.

Rahma Abu Shmas foi atingida pelos disparos dos soldados israelenses que atiravam em milicianos palestinos, segundo fontes do dispositivo de segurança da Autoridade nacional Palestina (ANP).

As fontes indicaram que os soldados dispararam desde um posto de guarda junto ao bloco de assentamentos judaicos de Gush Katif contra o qual milicianos não identificados lançaram granadas de morteiro, embora sem conseqüências.

Diferente das principais facções da resistência palestina, que de fato estão respeitando um cessar-fogo negociado com o presidente da ANP, Mahmoud Abbas (Abu Mazen), dois de seus grupos o têm rejeitado: as Brigadas de Ahmed Abu Rish, e os Comitês Populares.

Por enquanto, o exército israelense não reagiu à informação da polícia palestina, e nenhuma facção palestina se responsabilizou pelo ataque desta manhã, precedido ontem à noite pelo disparo de dois foguetes Al Qasem, também sem conseqüências, ao sul de Israel.