Menem se nega a comparecer à Justiça argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de abril de 2004 as 16:14, por: cdb

O ex-presidente argentino Carlos Menem anunciou em Santiago do Chile, nesta terça-feira, que não comparecerá à Justiça argentina, que o investiga por suposta corrupção durante seu governo, e afirmou que se defenderá das acusações no Chile.

Menem disse que decidiu não atender às convocações por parte de juízes federais para depor nos processos abertos contra ele.

“Quero expressar que nestes processos não conto com as mínimas garantias de um julgamento justo, já que tudo é parte de uma perseguição política que não condiz com a dignidade do cargo que ocupei”, disse Menem, que leu um comunicado aos jornalistas.

O ex-presidente argentino reiterou que não pretende pedir asilo político no Chile, apontou o presidente Néstor Kirchner como seu principal inimigo e assegurou que não tem contas secretas em Suíça.