Meirelles diz que queda nos índices da indústria é ‘pontual’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 7 de novembro de 2006 as 13:13, por: cdb

Presidente do Banco Central, Henrique Meirelles disse, nesta terça-feira, que o resultado da produção industrial divulgado pelo IBGE é um fato “pontual”, que não indica tendência para o futuro.

– Evidentemente que não devemos basear nossas estimativas sobre a economia em dados pontuais e mensais. O importante é a analisar a tendência, que no geral no Brasil é de crescimento – disse ele a jornalistas.

O executivo disse, ainda, que a demanda agregada continua subindo, há aumento da renda real e os salários e a criação de empregos também estão crescendo.

– Isso propicia todas as condições para a produção crescer, em resposta ao aumento da demanda – acrescentou.

Meirelles também disse que as discussões sobre o crescimento econômico são importantes no momento e que todas as condições foram dadas para que isso ocorra. Mas ele ponderou que a missão principal do BC é manter a inflação dentro da meta.

– Essa é a contribuição que o Banco Central dá para o crescimento maior do país. Na medida em que a inflação fica na meta, de forma sustentada, ao longo do tempo nós teremos conseqüentemente uma queda dos prêmios de risco e a tendência será a queda dos juros, com condições de crescimento – disse.

Sobre possíveis mudanças na equipe do BC, no segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Meirelles ponderou que essa ainda é uma discussão prematura.