Média mensal das exportações no 2º semestre deve chegar a US$ 6 bilhões

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 9 de junho de 2003 as 15:11, por: cdb

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, afirmou na tarde desta segunda-feira que a média mensal das exportações no segundo semestre deve ficar em torno de US$ 6 bilhões, um pouco maior que a média mensal no segundo semestre do ano passado, que ficou em US$ 5,9 bilhões.

Ele destacou que o saldo da balança comercial no acumulado de 12 meses deve atingir US$ 20 bilhões em junho e começa a cair, gradativamente, no segundo semestre, em razão do fortalecimento das importações favorecidas pela queda do dólar real (descontada a inflação).

– A taxa de câmbio real, hoje, se aproxima da do ano passado. O nível de hoje, deflacionado, já está mais próximo da metade do ano passado, ao redor de R$ 2,50. A nossa expectativa é de que durante todo o segundo semestre deste ano a taxa real de câmbio seja menor do que a taxa do ano passado. Com isso, as importações podem ter um alento de crescimento e as exportações precisam encontrar caminhos de criatividade e agregação de valor para continuar crescendo.

O ministro participou do lançamento do projeto Designer Excellence Brazil, que visa a promover internacionalmente a marca de produtos e serviços brasileiros, com o objetivo de estimular a exportação nacional.