Matthaus diz que italianos ‘estão loucos’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de dezembro de 2005 as 12:04, por: cdb

O capitão da seleção alemã campeã do mundo em 1990, Lothar Matthaus, rejeitou nesta segunda-feira as acusações de uma televisão italiana sobre a possível manipulação no sorteio para o Mundial-2006 da Alemanha.

Matthaus era uma das oito pessoas encarregadas de tirar as bolas referentes a países para a composição dos grupos da Copa.

A televisão Sky Itália o acusa de ter retirado uma bola para o grupo da seleção italiana e, em seguida, a trocado por outra. 

– Os italianos estão loucos se consideram isso – queixou-se o ex-jogador do Inter de Milão em declarações ao jornal alemão Bild.

O canal de televisão denuncia que havia bolas “quentes e frias” especialmente para Matthaus e que este se encarregou de deixar a equipe dos Estados Unidos, sétima do ranking da Fifa, na chave da Itália.

– Não tinha a menor idéia da equipe correspondente de cada bola. É algo que não tem sentido – disse surpreso Matthaus.

O grupo E, da Itália, é um dos mais complicados da primeira fase do Mundial, entre 9 de junho e 9 de julho de 2006, composto de República Tcheca, Gana e Estados Unidos.