Marroquino supostamente ligado a ataques de Nova York é preso em Paris

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de junho de 2003 as 15:58, por: cdb

Um marroquino, próximo ao “grupo de Hamburgo”, cujos membros ajudaram os terroristas que cometeram os ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, foi preso no último domingo na região de Paris pelas autoridades francesas, informou nesta quinta-feira uma fonte próxima à investigação.

Karim Mehdi, 34, devia ser apresentado na noite desta quinta-feira (hora local) perante o juiz antiterrorista Jean-Louis Bruguiere, depois de quatro dias de prisão na sede parisiense da Direção de Vigilância do Território (escritório de contra-espionagem francesa, DST na sigla em francês).

Esta é a primeira pessoa detida na França relacionada aos atentados de 11 de setembro ao World Trade Center, em Nova York e ao Pentágono, na região de Washington, afirmou a mesma fonte.

Mehdi foi preso na noite do último domingo quando fazia uma escala no aeroporto de Roissy (norte de Paris). Ele partiu da Alemanha rumo à ilha da Reunião.