Marinha da Coréia do Sul atira em barco norte-coreano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 20 de novembro de 2002 as 14:47, por: cdb

Um barco da Marinha sul-coreana deu tiros de advertência em direção a uma embarcação da Coréia do Norte que cruzou uma fronteira marítima disputada pelos dois países.

O barco norte-coreano permaneceu em águas ao sul da fronteira durante 14 minutos e retirou-se imediatamente quando um navio de guerra da Coréia do Sul, acompanhado por quatro lanchas, aproximou-se, dando tiros de advertência, informou uma declaração divulgada pelos sul-coreanos.

O incidente no Mar Amarelo ocorre num momento tenso, depois de a Coréia do Norte ter admitido que possui armas nucleares.

A região, na costa oeste da Coréia, tem sido cenário de embates ocasionais entre as marinhas dos dois países, incluindo um confronto em junho, quando cinco soldados sul-coreanos e um número desconhecido de norte-coreanos foram mortos.

Armas nucleares

A Coréia do Norte pediu desculpas pelo ocorrido em junho e, desde então, autoridades do país fizeram reuniões com a Organização das Nações Unidas, (ONU), na tentativa de evitar outros confrontos.

Segundo a declaração das autoridades da Coréia do Sul, o barco norte-coreano envolvido no incidente desta quarta-feira estava perseguindo cerca de 20 barcos de pesca chineses que estavam operando ilegalmente na região.

Um episódio parecido aconteceu na mesma área no sábado.

O presidente da Coréia do Sul, Kim Dae-jung, vem tentando uma reconciliação com os vizinhos do norte, mas relações entre a Coréia do Norte e o resto do mundo tornaram-se mais delicadas desde que o país admitiu possuir programas de armas nucleares.

Em 1994, os norte-coreanos assinaram um tratado com os Estados Unidos onde se comprometeram a não fabricar armas nucleares.