Marcos Palmeiras defende a produção de alimentos sem agrotóxicos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de setembro de 2003 as 22:52, por: cdb

O ator Marcos Palmeira, produtor agrícola no município fluminense de Teresópolis, na região serrana, defendeu nesta quinta-feira, na Conferencia BioFach Brasil, nesta capital, a produção de alimentos orgânicos, sem agrotóxicos, para o Programa Fome Zero.

Ele afirmou que se trata de uma cultura auto-sustentável. “Acho uma demagogia oferecer cesta básica. É preciso fazer as famílias produzirem”, disse Palmeira, que está expondo no estande do Sebrae/RJ produtos de sua fazenda, entre os quais frutas, hortaliças, laticínos, ervas e temperos aromáticos.

Conforme avaliou o ator, a agricultura se desenvolve basicamente em pequenas propriedades voltadas para a subsistência das famílias. “Ainda falta muito para o Brasil se tornar um grande exportador de produtos orgânicos”, declarou, acrescentando que “falar em exportação de orgânicos num país que tem gente passando fome é uma incoerência”.

A Conferencia BioFach é a maior feira internacional do setor de orgânicos. O evento, que ocorre pela primeira vez no Brasil, reúne 800 pessoas interessadas em discutir os mercados orgânicos na América Latina.

A conferencia prossegue nesta sexta. À tarde será analisando o apoio à pequena e média empresa e à agricultura. O debate contará com a participação da. diretora do SEBRAE/RJ, Celina Vargas do Amaral Peixoto, que também é produtora orgânica em Petrópolis, na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro.