Maradona terá seu próprio museu itinerante

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 14 de setembro de 2003 as 15:13, por: cdb
Atualizado em 14/11/16 15:16

Mais de 600 objetos pessoais de Diego Maradona, que foram guardados por sua esposa Claudia Villafañe, serão exibidos a partir do dia 1º de outubro em uma grande exposição, em Buenos Aires.

Segundo informou neste domingo, a revista dominical Viva, do jornal Clarín, a mostra, de 3 mil metros quadrados, será no Centro de Exposições do Governo da cidade de Buenos Aires e contará com 24 computadores para que os visitantes possam buscar informações sobre o ídolo do futebol argentino.

Entre os objetos presentes na mostra estão as chuteiras que Maradona usou na partida contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 86, no México, onde a seleção argentina foi campeã.

O telegrama enviado pela Associação de Futebol Argentino (AFA) para convocá-lo ao Mundial de 78, no qual não jogou; a camisa do Boca Juniors usada em sua última partida por esse clube em 1997 contra o River Plate; um boné militar com a dedicatória de Fidel Castro, são outros dos 600 objetos em exposição.

Outras atrações serão os doze telões gigantes onde serão projetados diferentes momentos da vida de Maradona, desde seu começo, em seu humilde bairro natal, passando pelo serviço militar até chegar aos mundiais nos quais participou.

Em Buenos Aires, o chamado Museu Maradona estará aberto até o dia 30 de outubro, data em que o ex-número 10 da seleção argentina de futebol cumprirá 43 anos.

O próximo destino do Museu será a cidade de Rosário cerca de 350 quilômetros ao norte de Buenos Aires, onde permanecerá por 20 dias. No mês de janeiro, a exposição visitará a cidade turística de Mar del Plata, a 400 quilômetros ao sul da capital argentina.

Já no dia 1º de fevereiro, a exposição viajará até o México onde permanecerá por três meses. Em seguida participará das comemorações pelos 100 anos da Fifa, em julho de 2004, e em agosto desse ano chegará à Itália para ficar um ano e meio.

Além disso, a mostra também poderá ser vista pela internet no site http://www.diegomaradona.com/museu.