Maracanã: Operários fazem nova paralisação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de setembro de 2011 as 13:01, por: cdb
Cerca de 2.100 operários das obras do Maracanã devem aderir à paralisação

Os operários que trabalham nas obras do Maracanã fizeram nova paralisação nesta quinta-feira. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada Intermunicipal do Rio de Janeiro (Sitraicp), Nilson Duarte, disse que o grupo está insatisfeito com a falta de médicos e com a alimentação no turno da madrugada, além do não lançamento das horas extras no contra-cheque.

Em agosto, dois mil funcionários pararam de trabalhar nas obras do estádio durante cinco dias.

A paralisação começou com os operários do turno da madrugada, que na manhã desta quinta-feira permaneceram na porta do estádio tentando convencer outros funcionários a cruzar os braços. De acordo com Duarte, 2.100 operários devem aderir à paralisação.

No dia 21 de agosto, ficou acordado com o Consórcio Maracanã Rio 2014 que os operários ganhariam plano de saúde, além de R$ 160 de vale alimentação.