Mantega destaca crescimento maior da economia em cálculo novo do PIB

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de março de 2007 as 17:39, por: cdb

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, destacou a elevação dos resultados do Produto Interno Bruto (PIB), segundo os novos cálculos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo ele, os números revisados do PIB indicam que a economia brasileira está crescendo a um ritmo mais acelerado do que vinha crescendo.

– A boa notícia que nos foi dada agora pelo IBGE é que, na verdade, a economia brasileira está crescendo acima do que vinha sendo registrado pelos PIBs anuais. A gente já notava isso porque nós percebíamos que o emprego estava crescendo mais, que a massa salarial estava crescendo mais, o nível de vida da população, o consumo etc, e o PIB aparecia mais modesto -, destacou após participar de um seminário de turismo, em São Paulo.

Em 2005, por exemplo, a informação anterior era de que o crescimento em relação a 2004 havia sido de 2,3% e com o novo cálculo, que inclui um detalhamento maior da análise do PIB foi verificado um crescimento de 2,9%. Em 2004, o crescimento do PIB passou de 4,9% para 5,7%. Nos dois anos anteriores, o novo cálculo mudou as taxas de crescimento econômico de 1,9% para 2,7%, em 2002, e de 0,5% para 1,1%, em 2003.

– Então agora, nós temos uma pesquisa mais precisa, que reflete melhor a realidade do PIB. E para a nossa satisfação, nós aumentamos aqui o PIB de 2003. Então, 2003 foi o ano mais modesto do primeiro governo Lula. O ano de 2004, ao invés de 4,9% cresceu 5.7%. Foi um crescimento bastante satisfatório -, elogiou.

Mantega também disse que, com isso, alcançar a meta de 4,5% neste ano pode ser mais fácil.

– Nós temos que revisar todos os nossos dados para um patamar superior. Portanto, a economia brasileira está crescendo de forma mais robusta já há algum tempo -, afirmou.