Manifestantes na Geórgia pedem saída do presidente

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 8 de novembro de 2003 as 13:47, por: cdb

Cerca de cinco mil militantes da oposição participaram neste sábado de uma manifestação na capital da Geórgia, Tbilisi, exigindo a renúncia do presidente Eduard Chevardnadze após as polêmicas eleições legislativas. Este protesto, organizado por vários partidos de oposição, ocorre numa semana cheia de tensões provocadas pelas eleições legislativas do domingo passado.

Este pleito, cujos resultados definitivos ainda não foram divulgados, foi alvo de acusações de irregularidades por parte da oposição e de alguns observadores políticos. Segundo os últimos resultados parciais anunciados na sexta-feira, a coalizão governamental “Para uma nova Geórgia”, liderada por Chevardnadze, venceu com 20,47% dos votos, seguida por diversos partidos de oposição que têm relações conflitivas e que juntos tiveram 70% dos votos.

Duas manifestações começaram em cada extremo da principal artéria de Tbilisi, a avenida Rustaveli, enquanto militantes da oposição circulavam na cidade em ônibus agitando bandeiras. Várias centenas de policiais de choque, acompanharam a manifestação ao longo da avenida.

A polícia bloqueou as entradas da cidade para interceptar os veículos dos manifestantes provenientes da província, mas alguns conseguiram participar da manifestação. Chevardnadze pediu para a população manter a calma em um discurso transmitido pela televisão na noite de sexta-feira, sem encontrar resposta a esta iniciativa por parte dos opositores.