Manifestação reúne cerca de 500 sapatos de vítimas de arma de fogo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de junho de 2003 as 03:23, por: cdb

Cerca de 500 sapatos forma espalhados em um gramado, em protesto contra a violência, nesta quarta-feira à tarde, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília.

O objetivo é que senadores aprovem um projeto de lei que proíbe a venda e o porte de armas a pessoas que não estejam autorizadas a usá-las profissionalmente, como policiais e militares.

Aloisio Mercadante, líder do Governo no Senado, disse que acha simpática a idéia de restringir a venda de armas.

Também foram colocados, ao lado dos sapatos, cartazes que informavam a quantidade de pessoas que foram vítimas de armas de fogo. Segundo as secretarias de Segurança dos estados, da Organização das Nações Unidas e da Unesco, somente durante o ano de 2001, 4.100 pessoas morreram.

Integrantes do Comitê Nacional de Vítimas da Violência e do Instituto Sou da Paz e parente de pessoas assassinadas por criminosos, participaram da manifestação.