Mangueira e Viradouro fazem a alegria do público na avenida

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007 as 13:02, por: cdb

Os destaques do primeiro dia de desfiles ficaram mesmo com a Mangueira e Viradouro, as preferidas do público na Passarela do Samba. Preta Gil, como rainha da bateria da verde-e-rosa, foi levada no tempo até a Semana de Arte Moderna. A Unidos do Viradouro, por sua vez, conseguiu um feito inédito, ao colocar toda a bateria da escola sobre um carro alegórico. A avenida se transformou em um grande tabuleiro, com ritmistas entre as peças do xadrez, cercado por dados e cartas de baralho, com a atriz Juliana Paes à frente da bateria.

A Império Serrano também fez bonito, mas sem a vibração que já é marca registrada da escola que pretende voltar à avenida no sábado das campeãs. A verde-e-branca desfilou com o enredo Ser diferente é normal, o Império Serrano faz a diferença no carnaval, com muita fantasia e adereços. A comissão-de-frente, representando São Jorge – padroeiro da escola – apresentou-se com uma fantasia metade guerreiro, metade cavalo. Mas o ponto alto do desfile foi mesmo a Bateria Nota 10 do Mestre Átila.

Já na manhã deste domingo, a Caprichosos de Pilares conseguiu segurar o público na Marquês de Sapucaí, com o enredo Com todo o gás, a Caprichosos acende a chama do carnaval, de autoria do carnavalesco Marcos Januário. Como sempre, a animação e o bom-humor dos foliões foi a marca registrada da azul-e-branca.