Malásia desmente contaminação do pescado por cadáveres

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de janeiro de 2005 as 08:14, por: cdb

O governo da Malásia pediu a seus cidadãos que não dêem ouvidos ao boato de que o pescado do país está contaminado pelos corpos das vítimas do maremoto e que comam os produtos do mar para ajudar os pescadores.

O ministro do Consumo, Shafie Apdal, admitiu que o temor está prejudicando os pescadores da região de Penang, na costa noroeste da Malásia, afetada pelas ondas gigantes que deixaram 68 mortos no país.

– O pescado é apto para o consumo. – disse.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Lee Jong-Wook, incentivou as pessoas a consumir pescado, fonte de proteínas, em uma visita ao Sri Lanka.