Mais de 500 pessoas são presas durante protestos no Chile

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de agosto de 2011 as 22:50, por: cdb

Monica Yanakiew
Correspondente da EBC

Buenos Aires – Pelo menos 527 detidos e 14 policiais feridos. Esse foi o saldo dos enfrentamentos ocorridos hoje (4), no Chile, entre a polícia e estudantes. À noite, os manifestantes voltaram às ruas e acenderam fogueiras, apesar do forte aparato policial.

As manifestações em defesa da educação pública e gratuita já duram dois meses e afetaram a popularidade do governo conservador do presidente Sebastian Pinera. Segundo uma pesquisa do Centro de Estudos Públicos (CEP), apenas 26% dos chilenos aprovam o trabalho do governo. Esse é o nível mais baixo atingido por um presidente no Chile, desde a volta da democracia, há duas décadas.

Os enfrentamentos de hoje provocaram trocas de acusações entre os aliados do governo e a oposição, além de professores e estudantes.

Edição: João Carlos Rodrigues