Mais 61 famílias da Favela da Mata assinam contrato nesta quarta e mudam no dia seguinte para o conjunto Paulo Gomes Romeo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 16:36, por: cdb

Ribeirão Preto, 28 de Março de 2012

Mais 61 famílias da Favela da Mata assinam contrato nesta quarta e mudam no dia seguinte para o conjunto Paulo Gomes Romeo
No conjunto já moram 452 famílias, ex-moradores das favelas Adamantina, Itápolis e parte da favela da Mata

 

Fotos Roberto Galhardo

Organização da logística de remoção foi coordenada nesta terça-feira pelo secretário da Casa Civil, Layr Luchesi Jr. e envolve várias secretarias municipais

 
Enquanto a Prefeitura de Ribeirão Preto prepara a logística para a remoção de mais 61 moradores da favela da Mata para o Jardim Paulo Gomes Romeo, prevista para quinta-feira, dia 29, a partir das 7h, a assinatura dos contratos está marcada para esta quarta-feira, dia 28, às 14h30, na Cava do Bosque.

Essa etapa do Jardim Paulo Gomes Romeo, com 692 casas populares construídas pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) é destinado exclusivamente para moradores de favelas, como parte do Programa Municipal de Desfavelamento.

No conjunto Paulo Gomes Romeo já moram 452 famílias, ex-moradores das favelas Adamantina, Itápolis e parte da favela da Mata. Com a remoção de mais 61 famílias, a ocupação do conjunto vai totalizar 513 casas. “A partir daí, faltarão apenas 179 casas a serem entregues. A construção desse conjunto representou a erradicação das favelas Adamantina e Itápolis e boa parte da Favela da Mata, beneficiando, até agora, mais de mil famílias”, destaca a prefeita Dárcy Vera.

Panorama geral – No setor habitacional, a atual administração já entregou 2.641 moradias populares, entre casas e apartamentos. Desse total, o Programa Municipal de Desfavelamento já beneficiou 1.248 famílias, aí contabilizados também ex-moradores das favelas Vila Zanetti, Vila Elisa e favela do Brejo.