Madrinha Marisa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de julho de 2003 as 10:34, por: cdb

A primeira-dama Marisa Letícia debuta como madrinha de navio. A convite do empresário Frank Wlasek, ela estará dia 24 em Itaguai (SC) para batizar o navio químico-gaseiro Metaltanque VI, que será lançado ao mar pela Metalnave.

Estaleiro e empresa de navegação são, como se sabe, do mesmo grupo, e esta série é a única de navios mercantes em construção no País. Nos outros casos, estaleiros estão construindo ou reformando plataformas, têm encomendas de barcos de apoio ou detêm contratos sem o necessário financiamento do BNDES.

Na oportunidade, as lideranças da navegação vão procurar mostrar às autoridades presentes que o sistema de contratação de navios requer mudanças urgentes. Afinal, a frota está envelhecendo e não é normal um só estaleiro e uma só empresa estarem construindo navios em um país tão grande.

OVERDOSE
O presidente Lula recebeu ontem o governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB), para almoço no Palácio do Alvorada. Assim que chegou à residência oficial, Lula – que havia estado, pela manhã, com grupos de líderes do MST e de artistas – foi logo enchendo o copo de whisky. Para relaxar.

NO MÍNIMO
Entre os artistas que foram ao Alvorada agradecer o empenho do presidente em aprovar a lei contra a pirataria estavam as dançarinas do “É O Tchan”, Sheila Melo e Scheila Carvalho. A primeira, com um decote “no mínimo” generoso deixou o senador Aloísio Mercadante – que não se desgrudou delas – “no mínimo” deslumbrado.

SAIU DO AR
Enfrentando problemas pessoais e às voltas com boatos sobre insatisfação profissional, o ator Humberto Martins pediu afastamento da novela das sete “Kubanacan”, da Globo, na qual interpreta o ditador Gamacho.

Em meio à onda de fofocas envolvendo a vida do ator, há ainda a revelação do síndico do conjunto residencial Village da Floresta, Frederico Coutinho, de que ele não paga o condomínio da casa em que mora, de R$ 960 mensais, acumulando dívida de R$ 50 mil. O galã global, estressado, pediu um tempo para superar o inferno astral.

ENVIAGRADO
Confirmando nota divulgada nesta coluna, na edição de 22/23 de junho último, a Imperatriz Leopoldinense terá o enredo do seu desfile de 2004 patrocinado pelo Laboratório Pfizer, fabricante do Viagra, pílula contra a impotência sexual. É o tema certo para levantar o público masculino.

DURA LEX
O americano John Carl Marquez, 36 anos, preso por espancar a mulher, poderia ter sido condenado a um ano de prisão. Mas ao cuspir no rosto de um policial, foi condenado à prisão perpétua, “por lançar fluidos corporais em um empregado do governo”, arriscando-o a contrair doença fatal.

CASCATA
O Palácio Guanabara estranha que o deputado Raul Jungmann (PMDB-PE) se tenha travestido de porta-voz do presidente ao informar à imprensa que a preferência de Lula para a construção da nova refinaria é o Nordeste. Jungmann, como se sabe, foi ministro da Reforma Agrária de FHC.

DEMOLIDOR
O ator americano Steven Seagal se livrou de multa de 170 mil euros por supostos danos causados no chalé de luxo berlinense no qual ficou hospedado, durante as filmagens de “Half past dead”.

A Justiça de Berlim rejeitou, ontem, o processo em que a dona da mansão acusa Seagal e sua equipe de terem praticamente demolido a propriedade.

CONSENSO
Do secretário de Energia, Indústria Naval e do Petróleo, resumindo opinião recolhida de todos os setores do Estado do Rio:

– O professor Carlos Lessa é o melhor presidente que o BNDES já teve.

Inconfidências

>>Rubem Vasconcelos, presidente da Patrimóvel, toma posse, hoje, como vice-presidente da Ademi, em cerimônia presidida pelo prefeito Cesar Maia.

>>José Antonio Éboli é o novo gerente-geral da Universal Music Brasil. Supervisiona, agora, os Departamentos de Marketing e de Vendas, e o repertório Local A&R e Internacional.

>>Um menino com quatro pernas, três mãos e três rins nasceu em Lusaka (Zâmbia), anunciou, ontem, a direção do hospital em que se encontra o bebê.

>>Milhares de moradores de V