Maceió sediará evento dos Agentes de Pastoral Negros no ano que vem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 16:24, por: cdb

Maceió vai sediar, em março do ano que vem, um grande encontro para celebrar os 30 anos de fundação da Associação Cultural Agentes de Pastoral Negros (APNs), entidade de caráter inter-religioso. Nesta quarta-feira (25), o coordenador nacional dos APNs, Nuno Coelho, foi recebido pelo prefeito Cícero Almeida, que garantiu apoio do município para a realização do evento. Está prevista a realização de sessão solene conjunta da Câmara Municipal e Assembleia Legislativa, simpósio e noite de gala, com homenagem a 30 personalidades afrodescendentes. Centenas de autoridades e integrantes de vários mocambos espalhados pelo Brasil participarão do evento.
A reunião desta quarta-feira contou com a presença da secretária municipal de Promoção do Turismo, Claudia Pessôa, e da vereadora Fátima Santiago, que, no próximo dia 16 de março, vão representar Maceió na abertura das comemorações do aniversário das APNs, em evento a ser realizado em São Paulo. O secretário de Governo, Pedro Alves, e o coordenador do centro cultural Anajô, Alex Sandro Porfírio, também acompanharam o encontro.
“Em 2013 já não estaremos no governo, mas até lá o município estará apoiando esse evento tão importante”, afirmou o prefeito. Ele ressaltou a necessidade de a sociedade lutar contra todo tipo de discriminação racial e afirmou que em sua gestão não admite esse tipo de prática. “Somos todos filhos do mesmo Deus, que nos fez diferentes e não discrimina ninguém”.
Nuno Lopes destacou a boa relação da Prefeitura de Maceió com o movimento negro e presenteou Almeida com cópia do livro que conta a história das APNs. Fundada em São Paulo em 1983, a entidade reúne pessoas de diferentes denominações religiosas, que realizam um trabalho de base com a comunidade negra para desenvolver ações e lutar pela transformação social e a conquista da cidadania do povo negro.