Lulinha, paz e amor em 2006

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 26 de maio de 2006 as 12:31, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que, nas eleições de outubro, resgatará, caso concorra à reeleição, a postura usada em 2002, referindo-se a estratégia de marketing utilizada na ocasião, o Lulinha, paz e amor.

– Se eu decidir ser o candidato, vou ser o Lulinha paz e amor que fui na outra eleição. Não tenho razão para estar nervoso –  afirmou o presidente ao sair de um evento em Brasília.

O  perfil da campanha foi criado por Duda Mendonça, marqueteiro de Lula em 2002. vale lembrar, que Duda foi indiciado pela CPI dos Correios por sonegação fiscal, crime contra o sistema financeiro, crime contra a ordem tributária e lavagem de dinheiro.

Se as eleições fossem hoje, Lula venceria os adversário ainda no primeiro turno,  segundo pesquisas divulgadas nesta semana.

Apesar do resultado das pesquisas, Lula não quis comentar os números revelados.

-Eu não gosto de analisar a mim, aos outros. A pesquisa vai ser no dia da eleição. Ali quando o povo apertar o botãozinho, vai sair o resultado. Vocês sabem que pesquisa não me move – disse o presidente.