Lula tenta vaga no Conselho de Segurança da ONU

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de setembro de 2003 as 10:34, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva abrirá nesta terça-feira a 58ª Assembléia Geral da Organizações das Nações Unidas (ONU), em Nova York. O maior objetivo do presidente será ampliar o diálogo sobre a criação de uma vaga para o Brasil no Conselho de Segurança do órgão.

Lula já está em território norte-americano, onde participa da conferência “Combatendo o terrorismo em prol da Humanidade”, no Hotel Intercontinental The Barclay, em Nova York. Às 13h30, ele terá um almoço na sede da ONU, em honra ao secretário-geral, Kofi Annan. E às 14h45, Lula tem um encontro com o presidente da França, Jacques Chirac.

Ainda hoje, Lula terá uma reunião bilateral com o chanceler alemão, Gerhard Schroeder, fora da Assembléia Geral da ONU, na qual falarão da reforma dessa instituição e das aspirações de ambos os países de serem membros permanentes do Conselho de Segurança. A Alemanha, terceiro maior contribuinte da ONU e maior economia européia, apóia a candidatura do Brasil no conselho.

Ontem, ele e a mulher, Marisa Letícia, foram padrinhos de casamento da prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, com o assessor do PT, Luís Favre, em Itupeva, no interior do Estado. Os ministros José Graziano (Segurança Alimentar e Combate à Fome), Humberto Costa (Saúde), e Gilberto Gil (Cultura), acompanham o presidente na viagem aos Estados Unidos.