Lula se reúne com presidentes africanos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 31 de maio de 2003 as 18:31, por: cdb

Após ter acertado os últimos detalhes do discurso que fará neste domingo em Evian, na França, o presidente Luís Inácio Lula da Silva se encontrou na tarde deste sábado com presidentes de países africanos, também convidados a participar da reunião do G-8.

No domingo, Lula se reune com o chamado G-8 (grupo dos sete países mais ricos do mundo e a Rússia).

O primeiro dia da reunião será totalmente dedicado a este “diálogo ampliado”, como foi chamada pelos franceses a participação de países em desenvolvimento.

O presidente brasileiro vai abordar a criação de um fundo mundial contra a fome e também a necessidade de investimentos e de políticas para desenvolver a infra-estrutura nos países em desenvolvimento.

Cada presidente deverá fazer um discurso de cerca de 10 minutos aos líderes das nações mais industrializadas do planeta.

O presidente brasileiro passou o sábado no hotel Beau-Rivage, às margens do lago Leman, na fronteira com a França.

Após uma reunião com os ministros que o acompanham na viagem (Celso Amorim, Antônio Palocci e Luiz Fernando Furlan), Lula se reuniu com o presidente do Senegal, Abdoulaye Wade e da África do Sul, Thabo Mbeki.

O teor dessas conversas ainda não foi divulgado, mas como disse o porta-voz da presidência, André Singer, “o Brasil tem interesse em estreitar relações com os países africanos já que muitos deles têm semelhanças com o Brasil”.

Neste sábado à noite, o presidente brasileiro e chefes de Estado de países convidados se encontrarão com o presidente da Suíça, Pascal Couchepin, e assistirão a um concerto no Hotel Beau-Rivage.

Esta é a primeira vez que a América Latina integra uma reunião do grupo do G-8.

Além de Lula, o presdente mexicano, Vicente Fox, também participa do encontro.

Os presidentes desses 12 países que não integram o G-8 (Egito, China, Índia, Argélia, Nigéria, África do Sul, entre outros) participam na noite deste sábado de um jantar oferecido pelo presidente suíço.

No final da noite, Lula se encontrará ainda com o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Abadallh bin Abdulaziz al Saud e, no início da manhã de domingo, antes de tomar o barco que o levará a Evian, Lula se reunirá com o presidente da Argélia, Abdelaziz Boutlefika.