Lula prevê “primavera social” com ações de solidariedade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 10 de outubro de 2003 as 18:22, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que as ações de solidariedade em favor da população mais carente – atendidas pelo programa Fome Zero – representam um “broto verde de esperança” que conduzirá o País para a “primavera social”. Em discurso na solenidade de entrega à Confederação Nacional do Comércio (CNC) do certificado de adesão ao Programa Mesa Brasil SESC, o presidente disse que “cuidar do País não é se preocupar com estatísticas, mas com o ser humano”.

Segundo ele, a ONU calcula que 25% do alimento do País é desperdiçado e outras 13 milhões de toneladas/ano não são aproveitados, além do fato de que 60% do lixo recolhido em área urbana são de alimentos não aproveitados. “É um fosso de desperdício que poderia alimentar 30 milhões de brasileiros”, disse. Para Lula, não é possível construir uma sociedade justa, solidária e republicana se não abdicar do desperdício, “que é o escárnio de desigualdades, é o privilégio que vai para o lixo”.

Lula disse que o Estado não pode obrigar uma sociedade a fazer o que ela não quer, mas ao Estado cabe a responsabilidade de dar condições para que a individualidade “ceda à lógica do consenso”. Segundo ele, essa tem sido a preocupação na condução das reformas estruturais – em votação no Congresso.