Lula pode concelar mais compromissos por causa da torção

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de novembro de 2003 as 10:32, por: cdb

A agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para esta quarta-feira será reavaliada em função do acidente desta terça-feira, que deixou uma torção no pé esquerdo do presidente. O chefe de gabinete da Presidência, Gilberto Carvalho, informou que só depois dessa reavaliação será definida a participação de Lula na cerimônia de comemoração ao Dia da Bandeira, marcada para as 12h no Palácio do Planalto. Nesta manhã, o presidente recebe no Palácio da Alvorada os ministros da Educação, Cristovam Buarque; do Planejamento, Guido Mantega; e da Fazenda, Antonio Palocci.

O presidente Lula torceu o pé esquerdo na manhã desta terça-feira, no Palácio da Alvorada, e depois de almoçar no Itamaraty com o presidente da Bolívia, Carlos Mesa, sentiu fortes dores na perna esquerda e cancelou a declaração conjunta que faria ao lado do presidente boliviano. No Serviço Médico da Presidência da República, Lula foi atendido pelo doutor Júnior Gama, que indicou a imobilização do pé.

Para as 10h está prevista reunião do presidente, no Palácio da Alvorada, com os ministros Ciro Gomes, da Integração Nacional, e Marina Silva, do Meio Ambiente, para tratar da transposição das águas do Rio São Francisco.