Lula pede na Argentina apoio a solução pacífica e democrática na Bolívia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 16 de outubro de 2003 as 16:29, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta quinta-feira que os governantes e parlamentares do Brasil e da Argentina colaborem, como for possível, para o fim ao conflito na Bolívia. “Os presidentes e deputados precisam fazer todo esforço que os seres humanos podem fazer para conclamar o povo e o governo da Bolívia a encontrarem uma saída pacífica e democrática. Todos queremos que os nossos vizinhos possam viver a mesma tranqüilidade que vivem hoje Brasil e Argentina”, declarou o presidente sob aplausos dos representantes do parlamento e do governo argentino.

O Congresso argentino presta nesse momento uma homenagem ao Brasil. Ao saldar o presidente Lula, o vice-presidente da Argentina e presidente da Câmara de Senadores, Daniel Scioli, citou a proposta brasileira de fortalecimento da integração regional e disse que Brasil e Argentina precisam trabalhar para alcançar esse objetivo. Ele ressaltou que o continente vive um momento de fortalecimento e deve trabalhar unido para vencer desigualdades sociais e se impor no cenário internacional.