Lula é acusado de cometer infração de trânsito por líder do PSDB

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de outubro de 2003 as 21:44, por: cdb

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), acusou nesta quarta-feira o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de cometer infração de trânsito por utilizar no carro oficial da Presidência, de chapa verde amarela, os vidros recobertos por película “insulfim” que, segundo o senador, teria um tom acima de 70% da transparência fixadas pela Resolução 73 do Conselho Nacional do Trânsito (Contran).

Virgílio disse que a multa para esse tipo de infração é de R$ 127,69. “Como o povo é quem paga pelo uso do carro oficial, tem o direito de saber o que se faz dentro desses veículos”, cobrou da tribuna. Ele anunciou que apresentará um projeto de lei proibindo o uso dessa película nos carros oficiais.

– Pelo visto, diria melhor, pelo não visto, o presidente anda meio ressabiado com o despencar da pesquisa do Ibope, que mostra sua popularidade em baixa. E resolveu se proteger dos olhares do povo, mas muitos se frustram porque já não podem acenar para o presidente – afirmou.