Lula deve “continuar tentando”, diz Gil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de abril de 2004 as 11:09, por: cdb

O ministro da Cultura, Gilberto Gil, afirmou que o governo Lula “continua tentando” e que a situação política e econômica do país “não é nada fácil”. A declaração foi dada em resposta a um questionamento sobre as críticas feitas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) à gestão petista.

– O fato de que a gente não vai conseguir, não deve ser um dispositivo para que a gente não continue tentando. Eu nunca duvidei das intenções de Fernando Henrique, como não duvido das intenções do presidente Lula. Agora uma coisa são as intenções, outra é o desempenho, as conseqüências – disse o ministro durante um debate na noite desta terça-feira, no Conjunto Cultural da Caixa Econômica, que marcou o lançamento de duas publicações em sua homenagem.

Gilberto Gil afirmou ainda que “uma das características interessantes de qualquer governo, ainda mais do governo Lula, é pode ser minimamente experimentalista”. No entanto, segundo ele, após o primeiro ano de governo, “numa segunda fase, esteja na hora de a experimentação se tornar mais aguda”. “Há vozes no governo insistindo em que a relação da formação do superávit com a política de juros poderia ter modificações.”