Lula decide com ministros se forças armadas ficam no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de março de 2003 as 17:40, por: cdb

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está reunido, neste momento, no Palácio do Planalto, com os ministros da Defesa, José Viegas,da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e da Casa Civil, José Dirceu, para analisar o pedido da governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, de manutenção das forças armadas nas ruas da capital fluminense por mais 30 dias.

A polêmica em torno da permanência dos militares nas ruas do Rio começou depois do carnaval, quando Rosinha manifestou intenção de manter a ajuda das forças armadas como forma de garantir a segurança na cidade.

Os militares estão nas ruas da cidade do Rio de Janeiro desde sexta-feira (28). A medida foi adotada em caráter de emergência, depois de três dias de violência liderada pelo traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar.

Além de garantir a tranqüilidade no Rio de Janeiro por meio do uso das forças armadas, o governo optou por transferir Beira-Mar do presídio carioca de Bangu I para a penitenciária de Presidente Bernardes, no interior de São Paulo.