Lula contraria declaração sobre ‘fim da era Palocci’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de outubro de 2006 as 19:41, por: cdb

Em conversas nesta segunda-feira com ministros e assessores no Palácio da Alvorada, o presidente reeleito Luiz Inácio Lula da Silva manifestou contrariedade com as declarações do ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, de que teria chegado ao fim a “era Palocci”.

Lula disse que não concorda com a declaração e que já fez a defesa pública da política econômica austera. O presidente reafirmou que não fará aventuras com a economia e não tomará medidas que comprometam o equilíbrio das contas públicas e a política de combate à inflação.

Em nota divulgada um dia após a vitórias nas urnas, o presidente não cogita substituir o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Após a reeleição, circularam rumores de que Lula poderá nomear para a pasta, no próximo mandato, um ministro de perfil mais “desenvolvimentista”.

A nota segue dizendo que: “Diante de rumores sobre uma suposta substituição do atual ministro da Fazenda, o Presidente da República reafirma que só a ele cabe indicar ministros e que o ministro escolhido por ele para ocupar a pasta da Fazenda chama-se Guido Mantega”, diz a nota.