Lufthansa compra 10 aviões da Airbus

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de julho de 2002 as 11:47, por: cdb

A Lufthansa, segunda maior companhia aérea da Europa, encomendou 10 aviões para a Airbus. Com base no preço de catálogo da Airbus, em que cada avião custa US$ 147 milhões, a transação equivaleria à cerca de US$ 1,5 bilhão. Entretanto, as companhias aéreas têm conseguido grandes descontos devido aos esforços da indústria mundial do turismo para se recuperar do impacto causado pelos atentados de 11 de setembro nos Estados Unidos.
Assim como suas principais rivais, a British Airways e a holandesa KLM, a Lufthansa viu-se obrigada a reduzir rotas e custos nos meses que se seguiram aos ataques terroristas, a fim de fazer frente a uma queda global de um terço no fluxo de passageiros. Desde o final de 2001, porém, as companhias vêm descobrindo o caminho da recuperação. A alemã, que manteve 43 aviões em terra após os ataques, pretende reativar 18 até o fim do ano. Além disso, a Lufthansa espera que as conseqüências dos atentados estejam plenamente superadas em 2004.
A companhia revisou para cima sua previsão de lucros em 2002, passando dos 400 milhões de euros iniciais para 500 milhões de euros (US$ 494 milhões). O chefe financeiro da Lufthansa, Karl-Ludwig Kley, disse estar vendo com “crescente confiança” o futuro da companhia a curto prazo. A Lufthansa já trabalha com jatos A340-300 de longo alcance e conta também com a versão A340-600, de capacidade ainda maior. Em dezembro passado, a companhia alemã já havia feito uma outra encomenda ao consórcio europeu: 15 superjumbos A380, o moderno jato de dois pavimentos.
Os A330-300 agora encomendados foram lançados em 1994 pela Airbus e podem transportar 335 passageiros em duas classes ou 295 em três. A capacidade de vôo é de 10.400 quilômetros sem abastecimento. Os 10 jatos serão entregues pela Airbus a Lufthansa entre 2004 e 2005.