Londres quer que Saddan se exile ou será retirado a força

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de março de 2003 as 15:37, por: cdb

O Governo britânico advertiu o líder iraquiano nesta segunda-feira, depois de uma reunião de emergência, que se exile ou será expulso do poder pela força.

Em uma declaração lida pelo vice-primeiro-ministro britânico, John Prescott, Londres voltou a acusar a França por sua “intransigência” e disse que se a comunidade internacional tivesse permanecido unida poderia ter desarmado o Iraque “sem disparar um só tiro”.

Pouco antes do início da reunião do Governo britânico, o ministro e líder na Câmara dos Comuns, Robin Cook, se demitiu em desacordo com a posição do primeiro-ministro, Tony Blair, em relação ao Iraque.