Livro relata um novo olhar sobre a história da mulher negra no Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de março de 2007 as 15:32, por: cdb

Um novo olhar repleto de ousadia e respeito pela história da mulher negra brasileira. No livro “Mulheres Negras do Brasil” de Schuma Schumaher e Erico Vital Brazil, lançado esta semana, é possível encontramos a história dessas mulheres, desde sua chegada ao país até os dias atuais, resgatando parte da nossa história. A obra ajuda a superar a invisibilidade dessas mulheres, e revelando ao leitor as suas contribuições na formação de nossa identidade.
 
De acordo com Schuma – indicada ao prêmio Nobel da Paz em 2005 – e Érico, com exceção dos escritos sobre o sistema escravocrata e algumas alusões ao mito Chica da Silva, não se encontram referências e informações detalhadas sobre as mulheres negras em nossos currículos escolares, museus, livros didáticos e narrativas oficiais.
 
Para a ministra Matilde Ribeiro, responsável pela Secretaria Especial da Presidência da República para Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), o livro é um projeto audacioso e valioso.
 
– “Mulheres Negras do Brasil” cobriu uma lacuna da nossa história.  É a história das mulheres negras por elas mesmas. Fala de identidade é igualdade -, disse a ministra durante o lançamento do livro na segunda-feira.


Durante três anos de pesquisa em todas as regiões do país, especialmente nos estados do Maranhão, Pernambuco, Bahia, São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Rio de Janeiro foi possível encontrar pérolas de nossa cultura.
 
A idéia do livro surgiu a partir do lançamento do livro “Dicionário mulheres do Brasil”, mais uma parceria de Schuma Schumaher e Érico Vital Brazil, em 2000. Nesta época ambos perceberam a existência de lacunas sobre a contribuição dos negros e negras na construção do país ainda precisavam ser preenchidas. Além das entrevistas e dos depoimentos colhidos, eles recorreram a diferentes acervos e documentos históricos, para escrever esse título, que representa uma nova etapa do projeto “Mulher, 500 anos atrás dos panos”.


A obra, apresenta referências, estudos e raridades iconográficas desde antes da chegada dos europeus às terras brasileiras até a atualidade. Os autores relatam o pioneirismo e a garra de diversas mulheres negras, seja nas artes, na política, nos esportes ou nas diferentes atividades profissionais.

“Mulheres Negras do Brasil” conta com cerca de 950 imagens que ilustram o dia-a-dia dessas mulheres.