Liga inglesa revela casos de doping

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 25 de outubro de 2003 as 14:49, por: cdb

A Uk Sport, entidade governamental que coordena os eventos esportivos no Reino Unido, revelou neste sábado que nos últimos três meses dois jogadores do campeonato inglês foram pegos em um exame antidoping por uso de cocaína e ecstasy.

A entidade divulgou na publicação de seus resultados trimestrais que entre 1º de julho e 30 de setembro, dois jogadores, cujos nomes não foram revelados e que estão entre os 272 jogadores das várias divisões do futebol britânico, foram pegos no teste.

A Federação de Futebol inglesa (FA) se recusou a informar a identidade destes atletas e disse que apenas uma minoria dá positivo nestes testes. “Os resultados mostram que são poucos os jogadores que dão positivo nos testes. Trata-se de uma porcentagem pequena e isto é um bom sinal. Além disso, os resultados positivos não correspondem a drogas que favorecem a atividade esportiva”, declarou Adrian Bevington, o porta-voz da FA.

Estas informações também causaram divergências com a Associação Profissional de Jogadores (PFA), que afirma que a UK Sports, encarregada de fazer estes testes, invade a privacidade dos jogadores ao revelar dados confidenciais antes da realização das audiências pertinentes para esclarecer cada caso, provocando assim escândalo público e julgamentos prematuros das pessoas envolvidas.