Liédson se destaca pela regularidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de outubro de 2002 as 00:49, por: cdb

Em meio à irregular campanha do Flamengo neste Campeonato Brasileiro – 20o colocado, com 22 pontos – um jogador se destaca justamente pela regularidade. Vice-artilheiro da competição, com 14 gols, Liédson tem deixado sua marca mesmo nas derrotas do time, como aconteceu contra o São Paulo.

O bom aproveitamento de Liédson, no entanto, só começou a partir da oitava rodada, quando o Rubro-negro goleou o Fluminense por 5 x 2 e o atacante marcou uma vez. Antes, havia feito dois gols na vitória de 3 x 1 sobre o Internacional, em Porto Alegre, na estréia no Brasileiro. Depois, amargou um jejum de seis partidas.

Os outros gols foram marcados contra Atlético-PR (2), Atlético-MG (2), São Paulo (2), São Caetano (2) e Vitória (1).

“Dedico meus gols ao grupo do Flamengo. Sem a ajuda de meus companheiros não teria marcado 12. A irregularidade da equipe no campeonato prejudica um pouco meu rendimento, mas depois desse resultado contra o Vitória vamos engrenar”, discursou o atacante.

Sob hipótese, Liédson poderia ser o artilheiro isolado do campeonato. Não fosse a designação do técnico Evaristo de Macedo para que Iranildo cobrasse os pênaltis, o atacante teria mais três gols computados – número de pênaltis convertidos pelo Chuchu, que está barrado. Com 15 gols, ultrapassaria Rodrigo Fabri (Grêmio) e Dimba (Gama), que têm 14.

“Na ausência do Iranildo eu cobro os pênaltis. Vamos torcer para que contra o Figueirense a gente possa conseguir mais uma vitória e, de preferência, com um gol meu”, afirmou Liédson.

Contratado ao Coritiba em julho, Liédson é o único jogador do elenco rubro-negro que participou dos 18 jogos do Flamengo no Brasileiro. O jogador tem um histórico pequeno de contusões na carreira, mas está pendurado com dois cartões amarelos.

“Tenho tomado muito cuidado para não receber o terceiro. Quero levar esse dois cartões até o final da primeira fase”, disse o atacante, artilheiro da Copa Sul-Minas deste ano pelo Coxa, com 14 gols no mesmo número de partidas.