Liberados R$ 4 bilhões para obras de saneamento básico, diz Lula

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de novembro de 2005 as 12:39, por: cdb

O governo federal vai disponibilizar R$ 4,084 bilhões para que estados e municípios realizem obras de saneamento básico. A afirmação foi feitanesta segunda-feira, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no programa semanal de rádio Café com o Presidente. – Ou nós assumimos definitivamente o compromisso de que saneamento não é gasto, é investimento; de que saneamento básico é melhoria da qualidade de vida das pessoas; de que saneamento é melhoria da qualidade de saúde das pessoas e de que saneamento básico gera muitos empregos no Brasil, e fazemos disso um compromisso; de todo ano colocarmos dinheiro para o saneamento básico, ou daqui a 50 anos nós ainda estaremos discutindo como iremos resolver o problema do saneamento básico no Brasil, afirmou o presidente.

De acordo com Lula, do total de recursos, R$ 2,2 bilhões foram disponibilizados na semana passada; R$ 684 milhões que estavam “trancados” foram liberados por meio de uma articulação entre os ministérios da Fazenda e Planejamento e o Tesouro Nacional. Mais R$ 800 milhões foram aprovados em emendas parlamentares e outros R$ 400 milhões foram para a Funasa.
Segundo o presidente, as grandes cidades terão prioridade na distribuição dos recursos. – Um dos problemas graves do Brasil, de coleta de lixo e saneamento básico, são as cidades grandes, onde você tem muita gente morando apinhada; onde você tem muita concentração de pessoas morando em condições subumanas porque não tem tratamento de esgoto, não tem coleta de lixo. Para Lula, deve haver um investimento constante em saneamento básico de modo que isso “se torne uma política contínua”.