Leão é demitido do Palmeiras por telefone

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de abril de 2006 as 11:29, por: cdb

O técnico Emerson Leão confirmou nesta segunda-feira que deixará o comando do Palmeiras. No entanto, o anúncio oficial aconteceu após reunião nesta segunda-feira, entre a diretoria e o treinador. O mais cotado para assumir a vaga é Tite, ex-Corinthians e atualmente sem clube.

Leão ficou desgastado após a goleada por 6 a 1 para o Figueirense, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O time está na lanterna da competição nacional e tem clássico contra o São Paulo, nesta quarta-feira, pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores. Para o duelo contra o time tricolor, o Palmeiras será comandado interinamente por Marcelo Vilar, atual técnico do Palmeiras na Série A-2 do Campeonato Paulista.

O treinador estava no Palmeiras desde julho do ano passado e havia liderado a arrancada na conquista de uma vaga para a Libertadores.

– Tenho reunião às 11h30, mas já está tudo definido – comentou Leão.

O técnico entrou em atrito com a diretoria após fazer várias reclamações da estrutura do clube, além de ter feito uma campanha irregular no Campeonato Paulista e na competição sul-americana.

De acordo com o vice-presidente do Palmeiras, José Cyrillo Júnior, Leão perdeu o comando do elenco palmeirense ao fazer críticas públicas aos jogadores.

– Alguns passam por cima dessa cobrança pública, mas outros entram abatidos nos jogos. Por exemplo: essa história de ele falar que o time é nota 5 – completou o dirigente.