Leandro avalia sua nova função no Corinthians

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 2 de julho de 2003 as 04:22, por: cdb

O meia Leandro achou um bode expiatório para o meio-campo do Corinthians receber tantos cartões amarelos: os volantes. Segundo ele, os meias têm sido obrigados a marcar muito, quando, na sua teoria, a função é de Fabinho e Fabrício.

– É preciso analisar o lado positivo. Muitas vezes recebo cartão porque roubo mais bola do que quem tem de roubar, que são os volantes. É preciso ver que eu não sou um cara que sabe marcar – disse, irritado com o fato de estar novamente ameaçado de suspensão, depois de ter desfalcado a equipe no clássico contra o São Paulo.

Mas o técnico Geninho tem preocupação maior que essa para escalar o time que encara o Atlético-PR, domingo, na Arena da Baixada.

Com a contusão de Kléber, que vai ficar de três a quatro semanas fora da equipe, Roger parece ter perdido a confiança do treinador e Vinícius é outra opção, mas o nome de Moreno ganha força. O lateral sai na frente para ficar com a vaga.

– Só coloquei o Vinícius para jogar contra o Fluminense porque o Moreno teve problemas estomacais. Se não fosse isso, não ficaria nem no banco de reservas – disse o treinador corintiano nesta terça-feira, no CT de Itaquera.

Para o treinador do Corinthians, a falta de um jogador criativo para servir os atacantes continua a ser o grande problema do time neste Brasileiro.

– Depois que o Vampeta se contundiu, não conseguimos um jogador para fazer essa função. Com ele, o Corinthians voava. Sem ele, estamos enfrentando problemas no meio – disse.