Kwait condena à morte membros do Al Qaeda

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de dezembro de 2005 as 10:58, por: cdb

Seis supostos militantes de um grupo ligado à rede Al Qaeda foram condenados à morte nesta terça-feira por um tribunal no Kuwait. Os seis receberam a sentença por suas participações em confrontos com a polícia em janeiro que deixaram várias pessoas mortas. Outros membros do grupo de mais de 30 pessoas receberam penas de prisão, enquanto sete foram absolvidos. Dezenas de militantes islâmicos contrários à presença dos Estados Unidos foram presos no Kuwait em 2005, acusados de planejar ataques contra alvos ocidentais. Os promotores haviam pedido a pena de morte para outros supostos militantes do grupo por diversos tiroteios com a polícia em janeiro. Eles também disseram que o grupo planejou ataques suicidas e um golpe de Estado no Kuwait.

Advogados de defesa disseram que seus clientes foram forçados a confessar os supostos crimes após serem torturados. O veredicto foi lido sem a presença dos acusados, com advogados e jornalistas como os únicos cujas presenças foram permitidas no tribunal, segundo a agência de notícias France Presse. O Kuwait é um dos grandes produtores mundiais de petróleo e um forte aliado dos Estados Unidos no Golfo Pérsico. Uma base militar no Kuwait serve como um centro de logística para as tropas norte-americanas que operam no vizinho Iraque.