Kofi Annan encoraja pacifistas palestinos e israelenses

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de outubro de 2003 as 23:50, por: cdb

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, encorajou nesta terça-feira os pacifistas do Oriente Médio que o advertiram que o “tempo corria” para uma solução envolvendo os dois lados do conflito.

Sari Nusseibeh, presidente da Universidade Al-Quds, de Jerusalém, e Ami Ayalon, ex-chefe da agência de segurança doméstica de Israel, entregaram a Annan uma “declaração de princípios” de uma página, apresentada como base para um acordo de paz.

Desprezados pelo premier de Israel, Ariel Sharon, os dois ativistas reuniram em três meses assinaturas de 100 mil israelenses e 60 mil palestinos.

Para Annan, iniciativas como essa “ajudam a criar uma visão de um futuro comum”, de acordo com um relato da ONU sobre o encontro.

– Iniciativas entre as pessoas podem compor um papel essencial na geração de uma força viva necessária à paz – disse o secretário-geral.