Kirchner vai fazer reforma integral da Justiça

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 1 de junho de 2003 as 23:29, por: cdb

O novo ministro argentino de Justiça, Segurança e Direitos Humanos, Gustavo Beliz, confirmou que o Governo de Néstor Kirchner impulsionará “uma reforma integral” do Poder Judicial.

O plano, explicou Beliz, inclui, entre outros pontos, a designação “com maior transparência” dos membros do Tribunal Supremo de Justiça e de todos os magistrados federais.

O titular da pasta garantiu que o novo Executivo deseja banir “todo tipo de atitude arbitrária ou de acomodar amigos, como se fez no passado”.

Para isso, as novas designações serão feitas “mediante o Conselho da Magistratura” por “concurso na carreira judicial”, por intermédio “da criação de uma escola judicial”, frisou Beliz.