King Kong estréia sem o sucesso esperado nas bilheterias

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de dezembro de 2005 as 11:22, por: cdb

A refilmagem de King Kong, um dos filmes mais badalados do ano, estreou mais com um gemido do que com um som cavernoso nos cinemas dos Estados Unidos, de acordo com dados de vendas divulgados no domingo por sua distribuidora, Universal Pictures. O filme de efeitos especiais vendeu US$ 66,2 milhões em ingressos nos cinco primeiros dias desde a estréia, na quarta-feira. Para os três dias começando na sexta-feira, suas vendas foram de US$ 50,1 milhões. Com isso, o filme do diretor Peter Jackson ficou em primeiro lugar nas bilheterias durante o final de semana. A Universal disse que estava contente com a estréia de King Kong, levando em conta as mais de três horas de filme. Mas analistas da indústria afirmaram que esperavam que o filme sobre o macaco gigante tivesse uma estréia bem mais lucrativa, de cerca de 90 milhões de dólares.

– Essa foi, de forma realista, uma venda difícil, apesar da promoção da indústria e da mídia. É incrivelmente complicado fazer com que o público fique animado com um filme que não possui um personagem humano forte – disse Brandon Gray, presidente e publisher do Box Office Mojo

O termômetro da Universal foi o filme de Jackson de 2001, O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, que também estreou em uma quarta-feira, com 18,2 milhões de dólares, e arrecadou US$ 75 milhões nos primeiros cinco dias. King Kong vendeu apenas US$ 9,8 milhões na quarta-feira.