Kahn e Ballack processarão sex shop na Alemanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de maio de 2006 as 12:56, por: cdb

Os jogadores alemães Michael Ballack e Oliver Kahn querem processar a rede de sex shops Beate Uhse, a maior empresa do setor da Alemanha, por vender vibradores com seus nomes.

A rede de lojas colocou à venda vibradores com os nomes “Olli K.” e “Michael B.”, em clara referência aos dois jogadores, segundo a edição de hoje do jornal sensacionalista de Munique tz.

– Agiremos contra. É uma clara vulneração do direito à privacidade de Oliver Kahn – disse Peter Ruppert, assessor do goleiro. O representante de Ballack, Michael Becker, tem a mesma opinião.

Os vibradores, vermelhos, medem 16 centímetros de comprimento e são vendidos a 69,95 euros (cerca de R$ 210).

Michael Ballack e Oliver Kahn são dois dos astros da Alemanha para a Copa do Mundo. A seleção enfrenta Costa Rica, Polônia e Equador na primeira fase.