Juvenil Alves pede desfiliação do PT

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007 as 19:00, por: cdb

O deputado federal eleito Juvenil Alves (MG) enviou ofício nesta sexta-feira ao diretório estadual do PT em Minas pedido sua desfiliação do partido. Juvenil foi indiciado pela Polícia Federal por crime contra a ordem financeira e também enfrenta processo por abuso de poder econômico.

Em nota divulgada nesta sexta, ele diz que decidiu deixar a legenda por razões de foro íntimo e que “nas palavras de Blaise Pascal (filósofo francês), quando os motivos são emanados do coração, a razão deles não conhece.”

Segundo a nota, o deputado “vem sendo sondado por outras legendas, mas ainda estuda qual o melhor caminho a seguir para servir aos seus 110.651 eleitores e à sua ideologia política”.

O deputado que está em seu primeiro mandanto é acusado de planejar e executar um esquema de corrupção que visava blindar o patrimônio de empresas devedoras de tributos, que somariam R$ 1 bilhão. A Polícia Federal pediu o indiciamento de Juvenil, que é advogado tributarista, mas o deputado recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra a decisão.