Justiça inocenta segundo acusado da morte de jesuíta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de novembro de 2006 as 19:29, por: cdb

O agricultor José Vicente da Silva foi absolvido da acusação de participação no assassinato do missionário Vicente Canãs Souza, morto há 19 anos na região de Juína, no Norte de Mato Grosso. O julgamento durou três diase a sentença foi dada no fim da noite desta quarta-feira.

Segundo o Ministério Público, Silva teria recebido pagamento pelo crime. Ele foi absolvido por cinco votos a dois.

Os jurados consideraram que não havia provas suficientes contra ele. O suposto pistoleiro foi o segundo réu inocentado no caso. No mês passado, foi julgado o ex-delegado de polícia de Juína, Ronaldo Osmar, acusado de ter intermediado a contratação de dois pistoleiros para assassinar o missionário jesuíta.